domingo, 10 de fevereiro de 2008

Bertolt Brecht nasceu há 110 anos

Faz hoje, dia 10 de Fevereiro, 110 anos do nascimento do poeta e dramaturgo Bertolt Brecht. Este alemão marxista foi contemporâneo de Hitler. Foi também vítima e testemunha de duas guerras mundiais. Sua obra versa em grande parte a temática das dificuldades da vida nos tempos modernos. Em honra deste senhor então, deixo aqui um poema dele chamado precisamente "Tempos Modernos"


Os tempos modernos não começam de uma vez por todas.
Meu avô já vivia numa época nova.
Meu neto talvez ainda viva na antiga.

A carne nova come-se com velhos garfos.

Época nova não a fizeram os automóveis
Nem os tanques
Nem os aviões sobre os telhados
Nem os bombardeiros.

As novas antenas continuaram a difundir as velhas asneiras.
A sabedoria continuou a passar de boca em boca.

Bertolt Brecht

Ainda sobre Brecht e os tempos modernos, há um artigo muito bom de Slavoj Zizek sobre o mundo do ciberespaço, que se chama "The Cyberspace Real", em que ele olha para as tecnologias não somente na perspectiva corrente de que estas são a causa de um conjunto infinito de possibilidades da nossa imaginação, mas sim como a tecnologia é o concretizar das possibilidades da imaginação já perspectivadas anteriormente na história da cultura. Destes "futuros anteriores", Zizek destaca por exemplo Madame Bovary de Flaubert e também, uma peça de Brecht, "The Measure Taken", que é usada como modelo para compreensão lacaniana dos ambientes dos jogos virtuais interactivos de multi-jogadores:

"just before his death, when asked about what part of his works effectively augurs the "drama of the future," Brecht instantly answered "The Measure Taken." As Brecht emphasized again and again, The Measure Taken is ideally to be performed without the observing public, just with the actors repeatedly playing all the roles and thus "learning" the different subject-positions — do we not have here the anticipation of the cyberspace "immersive participation," in which actors engage in the "educational" collective role-playing?" Zizek

Vejam o artigo aqui: http://www.egs.edu/faculty/zizek/zizek-the-cyberspace-real.html

2 comentários:

O Homem que Sabia Demasiado disse...

óPtimo texto. Não conhecia o blog. Muito bom.
Saudações,
VA

O Homem que Sabia Demasiado disse...

Também já linkei o teu blog.
VA