sábado, 27 de dezembro de 2008

1 ano de Born to be Wilde

Não podia deixar de fazer um pequeno post para assinalar este dia 27 de Dezembro como o dia em que o "Born to be Wilde" completou um ano de existência. Passado um ano, depois de 9.887 visitas e 108 posts (contando com este), a primeira tentação seria dizer que se trata de um sucesso. Contudo, não é esse o caso, pois não havia qualquer critério de sucesso definido e nem sequer o número de visitas serve pois este tornou-se grande o suficiente para se tornar fenómeno de estatística, fenómenos aos quais sou averso. O trocadilho de Born to be Wilde tanto significa nascer para ser como o Oscar Wilde, como nascer para ser um selvagem do rock como a música. Falhei nos dois. Para ser como o Oscar Wilde falta-me ser mais espirituoso e gay. Para ser um selvagem do Rock, falta-me andar de mota ou tocar guitarra como o guitarrista dos Steppenwolf:


O que posso dizer é que este tem sido essencialmente um espaço freudiano de sublimação de pulsões; um espaço marxista onde formulo e produzo ideias para a colectividade sem qualquer noção de propriedade privada; um espaço kierkegaardiano feito de pseudonimias, ironias, humor e angústias existenciais; um não-espaço deleuziano de desterritorialiações e ligações rizomáticas anti-edipianas; e um espaço estético à Oscar Wilde que se consagra também à beleza das artes.
Enfim, há espaço para tudo. Tem havido também espaço para maravilhosos encontros entre cibernautas que partilham de suas opiniões, pensamentos, paixões, e interessess de classe comuns e que aqui encalham e naufragam bastante oportunamente. Tenho conhecido (no mundo das ideias) pessoas muito interessantes e valiosas vindas de lugares mais distantes, mas de espíritos próximos.

Mas enfim, um ano é um ano, uma volta ao sol, medida padrão de relógio castrador. O que valem são os pretextos para celebrar. Ou como disse Carlos Drummond de Andrade:

"São mitos de calendário
tanto o ontem como o agora,
e o teu aniversário
é um nascer a toda hora."

8 comentários:

sara disse...

Parabéns!

E Feliz Ano Novo!

Anônimo disse...

Parabéns!
Tenho aprendido bastante com o teu blog. Desejo por isso que não te canses para assim continuares a partilhar os teus pensamentos conosco, são sempre "bem-lidos" numa noite de insónia. Votos de longa vida meu caro.
Pouca crise em 2009!

Ignatius Riley

Anônimo disse...

espero é que este blog faça muitos mais, para o poder ir lendo no tempo!

és um balsamo para qualquer insónia :)


abraço de parabéns
film-m k

Joe disse...

Muito obrigado pelos incentivos! Ando agora com a minha vida ocupada de trabalho, mas prometo voltar em breve com novidades!

Dioniso disse...

Parabéns, espero continuar a ler os belos e inteligentes post's que produz.

ronin disse...

Um brinde ao ano e 18 dias! Que alcance os 18 anos e um dia. Alerta, como sempre, ao menos.

Victor Afonso disse...

Parabéns e continua com a qualidade habitual.

Anônimo disse...

Parabéns!! E que este tasco conte com muitas primaveras :D

Miguel Lopes